Publicações recentes

"O Espelho e os Óculos da Psicanálise

March 15, 2015

Quando se começa a fazer análise, ganha-se duas coisas: um espelho e um par de óculos.

 

Primeiro você aprende a usar o espelho. Este é um espelho diferente, quase mágico, pois permite que sua visão viaje para

 

além da aparência externa. 

 

E quando se começa a aprender a manejar esse espelho, é possível enxergar os sentimentos e emoções mais profundas, os pensamentos e desejos mais escondidos...

 

É um espelho que esquadrinha tudo, pois quebra a barreira do inconsciente e pouco a pouco invade os recôncavos mais complexos da alma.

 

E então aprende-se a fazer uso dos óculos, pois a visão conquistada até agora é nublada e turva.

 

Tais óculos servem para ajudar a enxergar o que normalmente não se vê a olho nu.

 

Rostos são máscaras que usamos no dia a dia. Máscaras que disfarçam e escondem. Com os óculos da psicanálise somos levados a ver o que existe nas profundezas da psiquê.

 

Os óculos da psicanálise possuem graus diferentes e vai-se adaptando-os de acordo com a necessidade de ver!

 

Quanto mais você os usa, melhor você enxerga e mais consciente você se torna.

 

Ora ou outra, enxerga-se coisas desagradáves e até indesejáveis. Mas o fato de serem indesejáveis não significa que não é preciso enxergá-las. Para que a limpeza ocorra é preciso saber onde está a sujeira.

 

Mas os óculos da psicanálise não mostram apenas manchas, mostram também onde se encontram os apetrechos necessários para realizar a limpeza.

 

Mostram também que a sujeira é subjetiva e que por detrás de cada mancha há uma bela superfície esperando para ser utilizada de forma nunca antes imaginada."

 

."

Please reload

Mariana Rosa da Silva (CRP 07/22953)

Psicóloga Porto Alegre

August 2, 2019

August 1, 2019

July 16, 2019

June 26, 2019

February 26, 2017

Please reload

  • psicologa mariana rosa
  • psicologa mariana rosa